segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Firenze!

Faz tempo que não posto sobre a minha viagem para a Itália. E, revendo minhas fotos, escolhi a bela Firenze para falar um pouquinho.

Na verdade, Florença dispensa explicações, comentários, textos ou qualquer outra coisa que não sejam imagens! Por isso, preferi escrever pouco e caprichar nas belas fotos que pude registrar, sem esquecer, é claro, de comentar um dos vinhos que bebemos ali.

Desenvolvida às margens do Rio Arno, sobre o qual ainda se preservam as sensacionais pontes ancestrais (Il Ponte Vecchio é de 1300), a cidade de mais de 2 mil anos teve seu auge no Renascimento, que contribuiu para que ali se reunisse, ao longo dos séculos seguintes, uma grossa fatia da melhor arte já produzida em território italiano. Estima-se que aproximadamente 40% do acervo artístico do país estão nos museus e nas ruas de Florença. 

Ah, as ruas de Florença são um capítulo a parte... tanta arte, tanta cultura, tanta vida...


Estive por apenas dois dias em Firenze. No primeiro passamos horas na fila para entrarmos na Galleria dell'Accademia, onde está o Davi, de Michelangelo (o museu não permite fotos, e eu, como boa seguidora de regras, não o fotografei. Mas a emoção de vê-lo pertinho, está cá, bem viva dentro de mim!)

No segundo dia, exploramos a Catedral ou Duomo de Firenze e o Batistério. A Catedral, que começou a ser construída em 1296, recebeu a primeira consagração apenas 140 anos depois. A fachada atual demorou ainda mais – foi concluída em 1887.


Passeamos pela Piazza della Signoria, o coração da vida social e política em Firenze, com suas esculturas triunfantes!




Caminhamos pela Ponte Vecchio! Aliás, essa caminhada é passeio obrigatório; e se perder por essa cidade também é.




Na hora do almoço, como sempre, escolhemos um restaurante de frente para uma belo visual - difícil escolher - mas depois de pensarmos muito, escolhemos ficar observando o Duomo. O colossal tamanho de sua cúpula é de arrepiar. Optamos por comer, beber e admirar uma das obras mais impressionantes da capacidade humana.

E, como sempre também, não nos decepcionamos. Comida delícia: Risotto de abobrinha com camarão e um gnocchi de melone com prosciutto.




Para acompanhar um vinho branco com bastante frescor e leveza. O eleito foi um Pinot Grigio 2012, da Tenuta Ca'Bolani.


Era tudo o que precisávamos, depois de tanto caminhar: um vinho refrescante, revigorante, com aromas cítricos, minerais e leves florais. Na boca, notas de maçã e melão bem frescos, além de um toque mineral.

Uma das melhores harmonizações da minha vida!
Se você estiver indo para a Itália, inclua Firenze em seu roteiro. Mas com mais tempo para poder apreciar tudo o que a cidade tem a oferecer.

4 comentários:

  1. Tarefa Hercúlea escolher SÓ estas fotos, compartilho do teu sofrimento! eheheheh
    Firenze sabe ser linda e não dá vontade de sair nunca mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto tantas saudades de lá!
      Beijo grande!

      Excluir
  2. Parabéns Evelyn, lindas as fotos e claro post de primeira! Um belo diário de bordo... bj

    ResponderExcluir