quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Um Sauternes e uma lição!

Já disse que tenho aprendido muito nas degustações às cegas promovidas por Beto Duarte e Cristiano Orlandi, para a elaboração do Guia Brasil.

A última lição aconteceu na semana passada e o professor foi o enófilo e profundo conhecedor de vinhos, Roberto Acherboim!

Estávamos já no último rótulo. Eu estava encantada com a coloração do vinho e com os aromas complexos que se desprendiam da taça: notas queimadas, como chá preto, pimenta branca, açafrão, flores, mel, damasco, ... Eu sabia que se tratava de um grande vinho de sobremesa, mas nenhum tipo específico passou pela minha mente. Fiz minhas anotações, dei minha nota e encerrei minha avaliação.

Beto Acherboim estava apreciando os aromas desse último vinho quando ele falou baixinho, para ele mesmo, mas eu ainda pude ouvi-lo: "Aromas de Sauternes!"

Foi como trombetas tocando em minha mente! Claro!! Sauternes!! Como não pensei nisso!

Sabe por que eu não pensei nisso, leitores? Porque esse foi o segundo Sauternes da minha vida... E a lição que tirei disso foi que, além de ler e estudar bastante, também precisamos degustar muito.

O vinho em questão foi o Chateau des Compères 2007.


Com coloração ouro e aromas já descritos anteriormente, esse vinho foi o meu mais bem pontuado da noite.

6 comentários:

  1. Maravilha, Evelyn!
    Não tem outro jeito mesmo. Só provando e guardando na memória cada característica dos vinhos.
    Beijo
    Beto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, Beto!
      Pois é, mais uma lição que esses encontros me ensinou!
      Um grande beijo

      Excluir
  2. Evelyn,
    É isso mesmo...a litragem é muito importante para aumentar nosso conhecimento.
    Agora, "profundo conhecedor"...isso não é comigo não...sou mais um "aprendiz", dentre tantos que conhecemos.
    Beijo,
    Beto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ser aprendiz como você!
      Obrigada pela visita!!
      Beijo

      Excluir
  3. Esse vinho matou mesmo, que belezura!!!

    É difícil descrever, mas como sempre a prof. Evelyn soube fazer a história ficar ainda mais verídica que a realidade.

    É muito bom fazer parte deste grupo e aprender tanto com vocês!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Uhuuuuu... Obrigada pelas palavras!!!
    Esse grupo é muito bom mesmo! Quando essas degustações acabarem, vamos ter de dar um jeito e criar uma confraria!
    Beijos

    ResponderExcluir